04/12/2003 - Elisete, São Paulo-SP.

Qualidade da carne suína. Como podemos consumir carne suína sem o risco de contaminação por Cisticercose?

O risco de contrair Cisticercose existe  quando se consome carne de “PORCO”, criado solto em chiqueiros, engordados com restos de lavagem, e com acesso a piquetes, pastagens, misturados a bovinos e outros animais, sendo que o risco de contaminação por Cisticercose é o mesmo no consumo de carne de Porco e carne de Vaca, e ainda consumir carnes sem procedência, sem inspeção, sem controle sanitário.

 Amiga Elisete, é evidente que estamos falando em consumo de carne SUÍNA de animais criados em granjas confinadas, alimentados unicamente com ingredientes nobres como: Milho, Farelo de Soja, Farelo de Trigo.  Estes animais,  ( SUINOS TIPO CARNE ), das suinoculturas modernas, tecnificadas, criados em galpões totalmente fechados, sem acesso a terra e a piquetes, e abatidos em frigoríficos com inspeção federal, com controle  e monitoria de status sanitário, feitos periodicamente por veterinários especializados, podemos .dizer que o risco de contrair Cisticercose, é ZERO.

 É evidente que ao comprarmos CARNES devemos procurar estabelecimentos idôneos, que vendem carne controlada pelo SIF (Serviço de Inspeção Federal), e ainda observarmos, aspecto, cheiro característico, embalagem, limpeza e higiene no local.

 Observando estas recomendações, não existe nenhum risco de contaminação.

 Veja ainda na seção de Informativos Técnicos, o assunto CISTICERCOSE.


<--Voltar