23/11/2002 -C.R.W   Acreúna GO .

Posso usar GARAPA  para alimentação de suínos?

Amigo C o uso de caldo de cana ( GARAPA ) na alimentação de suínos tem sido usado com alguma regularidade por produtores da região da zona da mata mineira, geralmente pequenos produtores. O caldo de cana obtido da moagem da cana de açúcar poderá ser usado e sempre deveremos usar caldo de cana fresco, uso diário, pois caldo de cana fermenta ( azeda ) rapidamente. O caldo de cana e 630 kgcal metabolizavel, mais é pobre em proteínas e devemos considerar a garapa como um alimento energético com 18% de matéria seca como um volumoso.

Uma dieta balanceada para suínos, requer além do volumoso, alimentos ricos em proteínas, como o farelo de soja. Na fase de recria e terminação podemos usar caldo de cana para substituir parte do milho da dieta, que também é um alimento energético, mas com 8% de proteína. Só recomendamos o uso da garapa para animais com peso acima de 22 kg ( fase de crescimento/recria) com uma idade média acima de 60 dias, e eventualmente o uso em matrizes na fase de gestação.

Consumo dia de garapa.

Peso vivo Suínos / Kg   Proteína % Concentrado Lisina %

Consumo dia

Garapa Concentrado
22 a 55 22,7 1,30 1.250 à vontade
55 a 100 22,2 1,30 1.650 á vontade

Obs.

Uma tonelada de cana produz por volta de 550 litros de garapa.

Formula do concentrado ( ração)

Suplementação protéica para uso do caldo de cana.

Ingredientes % 

 Peso dos animais Kg

25 – 55  55 – 100 Kg
Milho  54,40 56,68
Farelo de soja 45% PB 40,07 38,46
MAXICEVA 5,53 4,86
Total Kg 100 Kg 100 Kg

Obs: para um consumo diário de 1,250 e 1,650 Gramas de caldo de cana, respectivamente nas fases de recria e terminação, esperamos uma redução voluntária  do consumo de concentrado ( formula acima ) em aproximadamente 50 a 60%

Considerar que quando usamos uma ração normal sem o caldo de cana ( garapa ) usamos uma ração crescimento com 16 a 17% de proteína e quando usamos caldo de cana estamos usando uma ração com 22,3% de proteína.

Ao optarmos pelo uso de caldo de cana deveremos avaliar o custo da alimentação, comparando custo de cada uma das formulas, sem e com caldo de cana. Considerarmos  que devermos ter caldo de cana sempre fresco, sem estar azedo, fermentado, alem de considerar o aumento da mão de obra, avaliar o custo e o inconveniente do aumento de moscas e abelhas dentro dos barracões.

E ao iniciarmos o uso de caldo de cana, deveremos faze-lo gradativamente para evitarmos problemas de diarréia.


<--Voltar