26/11/2000 - G. S.

P. Gostaria de informações sobre uso de lâmina d´água na criação de suínos.

R. Se pensarmos um pouco a utilização de lâmina d’água, é muito mais antiga do que podemos imaginar.

As criações antigas de porcos em chiqueiros e ou mangueiros; como chamamos o local onde se criavam porcos, quase sempre era nas baixadas, na margem de córregos e ou regos de água, e estes cercados na maioria das vezes, terminava dentro d’água, (já era o princípio de lámina d’água)

Com as mudanças nos projetos das granjas, nos últimos anos, passou a ser adotado a utilização das lâminas d’água, da qual fazemos algumas observações:

Usamos e recomendamos a utilização de lâmina d’água em suinocultura, nos barracões de recria e terminação, fases onde temos animais de aproximadamente 63 a 150 dias de idade com peso médio entre 22 a 100 kg, e observando o seguinte:

A lâmina d’água deverá ter pelo menos 1 metro de largura comparada a uma baia que tenha 3 a 4 metros de comprimento, e a profundidade deverá ser de no máximo 10 centímetros, e o piso da baia deverá Ter uma inclinação de 10% no sentido da frente da baia para a lâmina d’água, e o ideal e que tenhamos um degrau quebra onda na entrada da lâmina, para evitarmos, que animais ao se deitarem esparramem água no piso da baia.

Assim como não recomendamos a utilização de lâmina d’água nas creches, com animais de 21 a 63 dias de idade com peso médio entre 6,4 a 22 kg.

Não recomendamos ainda o uso da lâmina d’água nas instalações de gestação, (matrizes) baias coletivas como chegou a ser recomendado por algumas empresas de projetos de granja; não recomendamos por problemas de casco (excesso de umidade) causam problemas sérios aos cascos e aprumos dos animais de reprodução, matrizes e reprodutores.

A utilização da lâmina d’água resume-se ao barracão de recria e terminação e com algumas limitações:

1. Devemos trocar esta água da lâmina diariamente e se considerarmos uma granja de 100 matrizes onde deveremos ter um barracão de 65 metros de comprimento, devemos ter duas lâminas (uma de cada lado do barracão), de 65 metros por l metro de largura por 10 centímetros de profundidade, isto representa 6.500 litros de água a mais de consumo por dia em cada lãmina, se são duas lãminas gastaremos mais 13.000 litros de água por dia, que representa mais 390.000 litros de dejetos por mês na mesma granja.

2. Deveremos facilidade e boa disponibilidade de água na nossa suinocultura, e de preferência sem o custo de bombeamento.

3. Deveremos ter uma boa disponibilidade de terra de agricultura para podermos distribuir todo este dejeto, mas deveremos considerar o custo de distrubuição.

Vantagens:

A. Melhor conforto térmico, no verão e principalmente em regiões mais quentes, exemplo Brasil central.

B. Baias se mantém mais limpas.

C. Custos de construção mais econômicas, se compararmos a utilização de canaletas com ripados.

Desvantagens:

A. Maior consumo de água, e maior produção de dejetos líquidos que deveremos dar um destino, seguro sem poluição ambiental, poderia ser na agricultura, mas estaremos transportando um dejeto extremamente diluído, e gastando com o transporte de água.

B. Devemos considerar o custo do transporte de dejetos em uma propriedade e o aumento do volume de dejetos.

Observação:

Ainda temos diversas granjas sendo instaladas atualmente (granjas pequenas) 100 a 200 matrizes, em propriedades de 5.000 a 6.000 hectares, com ótima disponibilidade de água, onde ainda recomendamos o uso de lâmina d’água, principalmente porque os dejetos serão distribuídos através do sistema de irrigação por pivot central e evidentemente os dejetos deverão estar bem diluídos para podem passar pelos bicos de irrigação.

Amigo, G., esperamos que tenhamos respondido suas dúvidas e colocamo-nos, sempre a sua inteira disposição.


<--Voltar