14/02/2005 - Eleandro Rizzo

Solicito Informação sobre leite da porca, influencia no desenvolvimento dos leitões.

Amigo Eleandro, é evidente que a produção de leite de uma matriz de suíno, está diretamente associada a: raça, status sanitário, idade da  primeira gestação, disponibilidade de água, conforto ambiental, alimentação, estimulo pelos leitões,  e período de lactação. Matrizes suínas, por serem animais de ótima prolificidade, chegando a parir até 16 a 19 leitões por parto, tem uma boa capacidade de produção de leite, e devemos observar que uma matriz deveria ter pelo menos 6 pares de tetas assimétricas e bem desenvolvidas. E descartarmos do plantel matrizes com tetos cegos, invertidos e anelados, que são características prejudiciais para a qualidade de uma boa NUTRIZ.

Eleandro, considere ainda que as matrizes modernas, ao longo dos últimos anos tiveram o período de lactação diminuído, sendo que o pico de lactação que à 50 anos atrás, ocorria por volta de 40 a 45 dias, hoje ocorre por volta de 21 a 23 dias, mudança, em função da precocidade dos leitões e necessidade de desmamas cada vez mais cedo, atualmente desmamamos normalmente entre 17 a 21 dias e am alguns caso fazemos desmamas parceladas, ou até desmamas precoces com 12 a 16 dias de idade dos leitões.

Lembre-se que suínos, são mamíferos, e o melhor alimento, claro para seus filhotes ( É O LEITE ). E como desmamamos com idade entre 17 a 21 dias devemos estimular o consumo de rações Pré-Iniciais, já a partir de 4 a 5 dias de idade para poder ir preparando o leitão para dietas sólidas, após a desmama.

            Composição do colostro. Em função do tempo pós parto %

Horário Proteína  Gordura   Lactose
No Parto 18,9 7,2 2,5
3 Horas 17,9 7,3 2,7
6 Horas 15,2 7,8 2,9
12 Horas 9,2 7,2 3,4
24 Horas 7,3 8,7 3,9

                       Composição  do colostro  e do leite.

 

Colostro Leite.
Matéria seca % 22,3 20,4
Proteína Bruta %  11,8 5,8
Proteína Digestível % 11,0 5,6
Energia Metabolizavel% 1200 1200
Gordura Bruta% 26 42

O leite da matriz tem a seguinte composição média, em minerais:  Cálcio: 0,2%; Fósforo: 0,15%; Magnésio: 0,015%; Sódio: 0,035%; Ferro 0,8 ppm; Cobre 1 ppm; Zinco 15 ppm;

O leitão ao nascer deverá ser imediatamente estimulado ao maior consumo de colostro possível que protegerá o mesmo contra patógenos presentes na maternidade, e que agem sobre o sistema respiratório e digestivo.

No momento do parto, e fundamental que tenha um funcionário acompanhando, enxugando os leitões e coloca-los imediatamente para mamar. O inicio das mamadas ainda durante o parto, auxilia a matriz na liberação de ocitocina, melhora as contrações e a produção de leite.

Efetuar massagens no aparelho mamário da matriz e segurar os leitões mais fracos, leves, no momento da mamada.

Matrizes bem alimentadas, e atendidas em todos os itens do primeiro parágrafo desta resposta, tanto faz serem primíparas, ou porcas mais velhas deverão desmamar leitegadas vigorosas, e não terem perdido mais do que 10 a 12% de peso, entre o peso logo após o parto e o peso na desmama.

Matrizes que apresentarem o efeito sanfona, Gordas na fase de gestação e Magras, no fim da lactação, demonstra que estamos cometendo erros de manejo e nutricionais.

Matrizes desmamadas em bom estado, deverão estar cobertas de 4 a 6 dias após a desmama. JAMAIS, deveremos ter matrizes desmamadas e não cobertas a mais de 10 a 12 dias, se isto estiver ocorrendo alguma coisa está errada, pode ser um problema nutricional sério.


<--Voltar