20/02/2001- C.L.

P.Oi tudo bem meu nome é C. sou estudante de Med. Veterinária e queria saber qual é a diferença entre as raças nacionais de suinos e as importadas.

R.Basicamente poderia lhe dizer que os animais nacionais (porco), que inicialmente vieram para o Brasil com os primeiros governadores gerais (Mem de Sá, Tomé de Souza); entre outros na época da colonização, por volta de 1520 a 1532, trouxeram animais de Portugal e Espanha, e ainda da Ilha das Canárias, eram animais, extremamente rústicos, estes animais recém introduzidos no Brasil, e criados nas condições totamente extensivas soltos em grandes mangueirões. Muitos destes animais escapavam, e acabavam em verdadeiras varas de animais agressivos soltos no mato, onde cruzavam entre si. Nas criações extensivas, mas controladas, fechadas, a misturas destas diversas raças trazidas da Península Ibérica, formaram a base dos Suinos Nacionais: Piau, Caruncho, Tatu, Colher,Baé, entre outras, (estes animais eram basicamente para a produção de banha). Que tiveram também alguns cruzamentos com animais trazidos da Europa, como Large-White, Large-Black, Wessex, e Landsschweine e ou Landrace.

Esta era inicialmente a base da criação de suínos no Brasil.

Posteriormente por volta da década de 60/70 iniciou-se uma campanha muito forte para o uso dos oleos vegetais para substituir a Banha de porco, e com isto surgiu a suinocultura tecnificada. deixando de produzir banha; para produzir carne. e esta suinocultura tecnificada, hoje, o Brasil tem o 4º rebanho do mundo, e formada basicamente das raças Melhoradas : Large-White, Landrace, Duroc, Essex, Pietrain, entre outras.


<--Voltar