12/10/2001 - S.G., Dourados - MS.

P : Temos problemas de prolapso retal em matrizes.

R: Amigo S, pelo que nos informou no seu E-mail, a ocorrência de prolapso retal tem sido na semana que antecede ao parto e ainda no dia do parto, seguramente dois erros devem estar ocorrendo na sua granja, e como informou as fêmeas estão ressecadas, ( cagando encabritadas ) de bolinhas e secas/ duras.

1) Erro de manejo: Provavelmente estas matrizes nos três a quatros dias que antecedem ao parto, ficam extremamente ressecadas; em algumas granjas acostumamos a diminuir a quantidade de ração, que de certa forma, pode parecer o correto, mas em algumas granjas onde o consumo de água é restrito, e dependendo do material genético podemos presenciar a ocorrência de fêmeas com prolapso retal nos dois dias pré e ou pós parto.

2) Erro nutricional: Reveja com o seu fornecedor de rações que provavelmente o nível de fibra nas rações de reprodução esteja abaixo do recomendado. Recomendamos ainda que se utilize rações:

Gestação: que usamos nas matrizes gestantes, pós cobertura até 30 dias que antecede ao parto.

Pré - lactação: que será usado de 30 dias antes do parto até o dia do parto.

Lactação: que deverá ser usado do dia do parto até ( desmama ) e continua a usar Lactação até a entrada do Cio ( Nova Cobertura ), assim que iniciar as coberturas, volta a ração gestação.

Fezes

Observar o aspecto das fezes de uma matriz na véspera do parto ( CAGANDO ) pela foto e o comprimento do troço ( no anus ) com mais de 15 centímetros, dá para ter uma idéia da consistência da bosta e ver claramente que esta matriz está com as fezes ideal para uma fêmea no dia do parto.

Veja informativo Técnico nº 13 - MANEJO NUTRICIONAL


<--Voltar