25/01/2005 - Sebastião Marcondes Landin - Curitiba PR.

Gostaria de saber quais são as raças de suínos existentes no mundo.

Amigo Sebastião, apresentaremos uma relação das  principais raças de suínos existentes no mundo; caso necessite de informações de alguma delas, bem como origem,  formação, características; nos informe.

Raças  Norte Americanas:

Duroc, Duroc Jersey, Polland China, Polland China Malhado, Hampshire, Chester White, Cheshire, OIC, Hereford, Landrace Americano, Kentucky Red Berkshire, Mulefood ( casco de burro ), Minnesota 1, Minnesota 2, Beltsville 1, Beltsville 2, Montana, Hamprace, Palouse, San Pierre, Maryland, Middle White, Lacombe.

Raça Dinamarquesa:

Landrace.

Raças Inglesas:

Large Black, Wessex, Wessex Saddleback, Tamworth, Yorkshire, Berkshire, Gloucester Old Spot, Essex.

Raças Alemãs:

Edelschwein, Landschwein, Hannover, Meissen, Marshes.

Raças Belgas:

La Hesbaye, Pietrain.

Raças Francesas:

Bretã, Lorena, Gascã, Normanda, Craonesa, Bayeux, Limusina.

Raças Espanholas:

Extremenha Negra, Andaluza Vermelha, Rúbia Campinesa, Andaluza Manchada, Extremenha Rettinta, Asturiana, Catalã, Murciana, Vitoriana, Baztan branca, Murciana variada, Galega.

Raças Portuguesas:

Alentejana, Bizarra,  Sintrão.

Raças Italianas:

Romanhola, Cintra, Casertana, Napolitana.

Raças Russa:

Balcânica, Mangalitza.

Raças Chinesas:

Chino, Chinês, Tonquinês, Irkutsk, Muong, Yunan, Erhualian, Meishan, Henging, Mi, Shawutou.

Raças Nacionais:

Canastrão, Zabumba, Cabano, Vermelho, Canastra, Meia Perna, Maxambomba, Tatu, Canastrinho, Nilo, Macau, Perna Curta, Baé, Caruncho, Piau Pequeno, Caruncho Vermelho, Piau, Canastra, Canastrão, Tatu Canastra, Pirapetinga, Junqueira, Pereira, Tatuí, Casco de Burro, Sorocaba, Piau de São Carlos, Canastrão Preto, Piau Carioca, Nilo Canastra, Piau de Uberaba, Caruncho Malhado, Carunchinho Pintado, Simental.   

É evidente que algumas destas mais de, 100  raças relacionadas;  parte delas, foram extintas, ou estão em  fase de extinção, se misturaram com outras, foram absorvidas, desapareceram, e outras surgirão possivelmente. Devemos observar que 30% das raças descritas são Nacionais, animais desenvolvidos aqui nos últimos 500 anos, trazidos pelos portugueses, a partir do ano de  1.530 cruzadas entre si, deram origem a esta grande babel que foi a suinocultura brasileira. Atualmente mais de 95% destas raças nacionais não existem mais, ou encontramos ainda alguns poucos animais isolados


<--Voltar